Energias em sistemas e carma

As inteligências (individualizações do elemento espiritual) são imateriais e incorpóreas. Mas possuem um corpo de energia que a ciência espírita chama de perispírito e que recebe diversos nomes em diferentes sistemas de conhecimento espiritual. É o “corpo espiritual” do apóstolo Paulo, o “linga sharira” dos Vedas, o “eidolon” dos gregos, a “carne sutil da alma” de Pitágoras (filósofo grego, 570-495 a.C.), o “corpo ígneo” de Plotino (filósofo grego, 204-270 d. C.) etc. O que nos importa sobre isso, no momento, é que essa energia que nos envolve recebe diretamente a ação dos nossos pensamentos e intenções, transmite-os ao meio e começa a “criar realidade”.

Quanto mais convicto e constante for um pensamento, mais ele se imprime na sua vida, e isso funciona com todos os seres humanos.

o_outro_thich_nhat_hahn.jpg

E há níveis de criação de realidade, que vão desde as ideias que povoam a sua mente e fazem você ver a vida de um certo jeito, até aqueles pensamentos que se materializam no meio encarnado e afetam as outras vidas. Todos nós fazemos isso, sabendo ou não.

Sempre que você pensa, você emite energia em direção ao que pensa. Sempre que você agrega uma intenção, esse pensamento se exterioriza e começa a realizar essa intenção.

E sempre que você pensa muito numa pessoa ou situação, sempre que você se liga a uma atividade ou a um grupo de pessoas, por meio de pensamentos e ações, você cria um sistema energético que fica funcionando ali.  Note como as cidades formam um sistema que envolve seus habitantes, imprime certas formas de ser, de agir e até certas posturas corporais! Famílias são sistemas. Empresas são sistemas. Grupos de amigos são sistemas. Sistemas são situações reais duradouras definidas por um padrão de trocas energéticas.

Você pode estar num sistema positivo, saudável e próspero, mas às vezes, também compartilha um sistema vicioso, doentio e infeliz…

Você pode se habituar a sistemas energéticos doentios, pode até se apegar e se viciar neles, porque a sua mente se condiciona e passa a funcionar dentro deles, desenvolvendo, claro, mecanismos que se tornem necessários, mecanismos de defesa, de manipulação, de obtenção de vantagens e de autojustificação.

Lembra do que escrevi sobre mente egoica e mente espiritual? Pois então: a mente egoica consegue se adaptar perfeitamente a um sistema doente e ruim, se achar que está “por cima”, tendo vantagens em agir daquela forma. Ela é ótima em iludir a si mesma!

E enquanto alimentarmos um sistema esdrúxulo e doentio, ele continuará nos retornando as mesmas consequências, que é o que a gente costuma chamar de carma. O carma não é sobre o que eu fiz algum dia, é um sistema de troca de energia, que se forma devido à maneira de ser e agir que adotamos e que continuamos expressando no Universo. Essa energia vai repetindo seus retornos até que mudemos de padrão, paremos de emitir pensamentos e energia naquela frequência e passemos aos pensamentos e ações novos, melhores, mais pacíficos, libertos e amorosos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s