Cada um é MÉDIUM do seu jeito – Programa Inteligência Espiritual nº11

Não existe um padrão para a prática da mediunidade, e nem pode existir, pois ela depende de sensibilidade, de conhecimento sobre ela, de formas pessoais de lidar com as situações. De uma série de fatores que tornam a mediunidade uma experiência individual para cada médium.

Claro que existem formas saudáveis e prejudiciais de vivenciar a mediunidade, como acontece com alimentação e até quando dirigimos um carro. Mas, ainda assim, nós a vivemos de nosso jeito, encarando as consequências, que não são ir “pro céu” nem “pro inferno”, não são castigos divinos. São, antes, resultados de nosso modo de pensar e agir, no caso, de pensar a mediunidade e agir com ela.

Temas: Herculano Pires, educação mediúnica x padronização, ABC da Prática Mediúnica, prática mediúnica, Werneck

Ouça agora! Clique aqui:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s