Três leis da ajuda – Programa Inteligência Espiritual nº14

Descobrir-se capaz de ajudar pessoas em suas dificuldades, tornar-se voluntário ou terapeuta, são vivências que podem gerar alegria e entusiasmo. Aprender uma técnica de ajuda e vê-la funcionar, saber que fazemos alguma diferença no equilíbrio e bem-estar de outro ser humano… Servir sopa numa instituição, ensinar um artesanato ou atividade para geração de renda, tudo altamente importante e meritório.

Tudo isso, contudo, precisa ser olhado com grande discernimento e ponderação. Gratuita ou remunerada, a ajuda tem suas leis e seus limites, que é preciso observar. A ajuda e uma relação bilateral, não depende só do que a gente quer e acha melhor, mas do que o outro não somente precisa, como quer e pode receber…

Temas: Capitão Fantástico (o filme), Aymará: “Ir”, Calunga, educação

Ouça agora! Clique aqui:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s