4 maneiras de você se boicotar na vida*

Quase sempre, inicio o dia pensando em qualidades espirituais que desejo adquirir e que possa exercitar, no decorrer das horas. Foi assim que nasceu o livro Comece Bem o Seu dia!. A intenção desse pensamento é fazer algo de bom pela minha felicidade real e evolução, o que sempre inclui os seres em volta e o ambiente em que vivo.

Mas às vezes, é também necessário olhar para aquilo que nos limita. Que nos desafia. Ou que nos aprisiona. Os hábitos infelizes, os pensamentos mesquinhos. As emoções difíceis. As reações que temos e de que, geralmente, nos arrependemos.

É importante observar o que necessitamos transformar em nós e assumir a responsabilidade de fazer as transformações internas indispensáveis, escolher atitudes diferentes. Fazer isto para seguir tropeçando e caindo, cada dia, menos. Assim, facilitamos nossa jornada.

Então, aqui vão 4 formas que talvez você venha usando pra se boicotar, porque são muito comuns:

 

1. Culpar os outros pelas suas dificuldades. Procurar culpados pode aliviar você momentaneamente, ajuda a se sentir livre de responsabilidade. Mas de fato, esta é uma escolha que nos aprisiona e imobiliza, pois se a causa está no outro… o que é que se pode fazer?

Esse boicote é uma armadilha do Ego, pra não assumir a responsabilidade pelo que fez. O Ego faz uma falsa interpretação dos acontecimentos, eximindo-se de assumir sua parcela de contribuição para o que ocorreu.

Mas não há problema ou sofrimento imerecido. A lei divina nos retorna sempre aquilo que oferecemos. Cada problema é uma oportunidade de aprendizado. Cada sofrimento é uma oportunidade de cura e fortalecimento.

justica

 

2. Focar na falta. Este hábito mental nos torna negativos e reclamões. De fato, cada ser está diante da sua melhor condição de progresso espiritual, a todo momento. E olhar somente para a dificuldade costuma nos cegar para todas as possibilidades e auxílios.

Quando fazemos isto, nem mesmo os amigos espirituais têm com nos oferecer boas inspirações, pois estamos na sintonia da irritação e da ingratidão, não na sintonia do Bem.

gratidao

 

3. Aumentar os problemas, em tamanho e em quantidade. Nossos maus hábitos mentais tendem a agravar as situações, enxergar dificuldades e alimentar preocupações que não têm fundamento real.

Desocupar este espaço mental permite abrir caminho para as soluções e auxílios que não enxergamos, enquanto nosso campo de visão é tomado pelos problemas. É preciso transcender um problema, para resolvê-lo, o que implica enxergá-lo no seu verdadeiro tamanho e, não, acrescido de nossos receios e complexos de inferioridade.

experiencia

 

4. Apegar-se ao passado. É comum que experiências ruins do passado se gravem em nossa mente subconsciente e nos façam olhar com desânimo, pessimismo e/ou desconfiança para as oportunidades presentes. Isso reflete a falta de fé no que a vida tem para oferecer e na falta de fé em si mesmo, em sua capacidade de hoje lidar melhor com situações que já experimentou num outro momento.

confianca

 

Quando há problemas e situações desagradáveis que se repetem, é sua condição de superação que a Lei da Vida já está identificando em você, embora você ainda não tenha se dado conta.

Lembre-se de que muitas tarefas fáceis de agora foram árduos desafios de outros tempos. Mas evoluímos, desde então! Como já sabemos realizá-las, nem percebemos quando surgem. É como se as considerássemos previamente resolvidas.

Os grandes desafios presentes, por outro lado, são aqueles que nos levam à fronteira de nós mesmos. E olhar para o desconhecido nos assusta. O aprendizado, então, vem como uma recompensa para a confiança em si e ainda resolve todos os nossos problemas semelhantes, presentes e futuros! Pois na escola que as almas encarnadas frequentam, lição aprendida é lição incorporada.

_____

* Durante o mês de julho,  você poderá rever alguns posts do blog Vidas Inteligentes. Retomaremos as publicações inéditas em agosto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s